Servidores de Itapoá paralisam nesta quinta

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Os servidores de Itapoá reuniram-se ontem (31/7) em assembleia para discutir a tentativa de fundação de novo sindicato no município. Como a reivindicação dessa nova entidade não foi feita por nenhum servidor, os diretores do Sinsej acreditam que se trata de um golpe do governo com o intuito de desmobilizar a categoria. Além disso, foi constatado que o local marcado para a assembleia que supostamente fundaria o novo sindicato, não existe. “A falta de divulgação desse encontro, publicado apenas em edital de um jornal de baixa circulação na cidade, também confirmam isso”, afirmou a diretora do Sinsej, Mara Tavares.

Ao fim da assembleia, os servidores encaminharam que o jurídico do Sinsej entrará com uma ação pedindo nulidade de qualquer ato da assembleia vinculada a esse edital, porém, os servidores também estarão presentes nesse eventual encontro, convocado para a Rua Leopoldo Sprenger, nº 71. Como o endereço é inexistente, a referência usada é o Mercado do Peixe para a realização da assembleia. A categoria irá paralisar suas atividades na tarde deste dia, marcado para quinta-feira (3/8), às 13 horas, para que todos possam participar e aprovar o que realmente desejam. A concentração no local começará a partir das 12h30. Participe!

 

Kálita Morgana de Lima - SINSEJ

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar