Sobe para 27,6 mil o número de pessoas afetadas pela chuva em 89 cidades de SC

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

ENCHENTE SC

Os municípios com situação mais crítica até o momento são Rio do Sul e Lages.


A Secretaria de Estado da Defesa Civil divulgou na manhã desta terça-feira, 6, que 27.675 mil pessoas foram afetadas pela chuva em 89 cidades de Santa Catarina. Até a noite de segunda-feira, eram 10.127 afetados. Entre eles, 2.093 pessoas estão em abrigos públicos. As regiões mais atingidas são o Alto Vale do Itajaí, Planalto Sul e Oeste catarinense. Mais de 80 mil alunos tiveram as aulas suspensas nesta terça-feira, em 160 escolas públicas da rede estadual.

A cidade com situação mais crítica na manhã desta terça-feira é Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí, com 21 abrigos ativados atendendo 739 moradores, o maior número do Estado. Na medição das 9h, o nível rio Itajaí-Açu estava em 10,88 metros na cidade. A barragem de Ituporanga tem cinco comportas abertas no momento e há 1,89 metro de água vertendo. Já a barragem de Taió está com uma comporta aberta e três fechadas, também com o canal extravasor fechado.

Na Serra catarinense, o município mais atingindo pela chuva foi Lages, que tem sete abrigos com 318 pessoas. A quantidade de chuva em duas semanas na cidade foi o equivalente a mais de três meses. Desde quinta-feira a cidade decretou situação de emergência. Segundo assessoria de comunicação da Defesa Civil de Lages, desde 2011 Lages não registrava uma cheia tão intensa como essa.

Situação da chuva em Santa Catarina
89 municípios com ocorrências
8.681 residências afetadas
2.093 desabrigados
1.309 desabrigados
27.675 pessoas afetadas
Principais eventos: um vendaval, 10 alagamentos, 11 enxurradas, 15 registros de chuva intensa, 26 inundações e 41 deslizamentos

 

Município       Abrigos ativados    Pessoas desalojadas
Rio do Sul        21                              739
Rio do Oeste     3                               186
Lages                 7                               318
Agronômica     1                                  97
Laurentino      4                                  87
Ituporanga      3                                 69
Correia Pinto  1                                  56
Taió                  2                                 24
Capinzal          1                                     6
São João Batista  1                              4

 

Pelo menos 8.681 residências já foram afetadas em todo o Estado e, com a previsão de uma nova frente fria na quinta-feira, a preocupação principal da Defesa Civil é para a possibilidade de deslizamentos, já que o solo já está encharcado por consequência da chuva que atinge o Estado desde a semana passada.

 

A NOTÍCIA
Foto: Sérgio Medeiros / Arquivo Pessoal

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar