Julie Arissa é destaque no surf

Avaliação do Usuário

julie Arissa

Família catarinense vende empadas e faz rifas para filha revelação do surf poder competir no Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino, em Ubatuba.

A pequena Julie Arissa é uma das grandes promessas do surf feminino catarinense e, sabendo disso, a família está disposta a buscar alternativas para que a atleta de apenas nove anos siga a sua trajetória. A menina nascida no Japão e que veio para o Brasil em 2011, para morar em Itapoá, já faz sucesso no Circuito Catarinense e tem tudo para melhorar suas performances.
No ano passado, foi a quarta colocada da categoria sub10 no Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino, em Ubatuba/SP, o único campeonato exclusivo para as meninas, e quer voltar para o litoral paulista para tentar a vitória. Para isso, a família não poupa esforços e a mãe, Elaine Nemoto, está vendendo empadas caseiras e fazendo rifas para angariar a verba necessária para a viagem.
“Devido ao custo alto de viagens, tivemos de pensar em várias maneiras de viabilizar a ida aos campeonatos. Como algum tempo atrás, antes do surf, eu fazia empadas para ajudar no orçamento e, modéstia à parte, são maravilhosas, decidimos fazer campanhas para arrecadar dinheiro com a venda dos produtos”, conta a mãe. “Além disso, fazemos rifas e sorteios”, complementa Elaine, que é professora de inglês e tem uma escola de idiomas em Itapoá.
A campanha de vendas de empadas, que terá uma ênfase neste feriado de 7 de Setembro, repercute no comércio e comunidade local e é difundida pelas redes sociais - https://www.facebook.com/elaine.nemoto.7/posts/1187078761397350?pnref=story – atraindo a atenção de nomes importantes, como a de Jacqueline Silva, sem dúvida um dos grandes ícones da história do surf feminino brasileiro. A surfista que tantos anos representou o Brasil no WCT e chegou a ser vice-campeã mundial em 2002 compartilhou em sua conta a história sobre a venda de empadas, pedindo apoio ao novo talento.

julie Arissa 1

Jacque é um dos destaques do Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro Feminino, com o título brasileiro profissional em 2015 e o terceiro lugar no ano passado, e espera ver a “japinha” radical buscando uma vitória em Ubatuba. “Ajudem. Essa pequena atleta tem futuro, mas precisa ainda do apoio de todos”, comenta
Elaine Namoto não esconde a ansiedade em conseguir seu objetivo. “Faço as empadas única e exclusivamente para angariar fundos para os campeonatos. Competir em Ubatuba é importantíssimo para nós. A Julie está muito feliz por ter a oportunidade de participar do evento”, destaca.
Julie chegou ao Brasil aos três anos de idade. Depois da tragédia do Tsunami no Japão em 2011. “Na época morávamos em Kani, na região central do país. Não fomos atingidos diretamente, mas a radiação não tem barreiras e é invisível”, lembra Elaine. “Vimos ao vivo pela tv japonesa. Foi assustador. Viemos para o Brasil exatamente um mês depois do Tsunami”, complementa.
Começou a surfar aos seis anos, no Projeto da Prefeitura de Itapoá, chamado Ampliação da Jornada Escolar. A paixão pelas ondas foi rápida e, depois que a iniciativa foi encerrada por falta de verbas, a mãe decidiu procurar professores para aulas particulares.
“Em dezembro de 2015, apareceu o convite para participar de um campeonato de surf de outro projeto, em São Francisco do Sul, chamado Escola na Onda, e ela ficou em terceiro lugar, competindo com os meninos. Depois disso, decidimos intensificar os treinos para que no ano de 2016 começasse a participar do Circuito Catarinense e ela terminou como vice-campeã sub12 e terceira na sub18”, conta orgulhosa a mãe.
Também no ano passado, ela participou do Brasileiro em Ubatuba, garantindo o quarto lugar na sub10. Ela é treinada pelo surfista Gabriel Castigliola e já incentivou o irmão mais novo, Brian Haru, de seis, a competir. “Estamos confiantes e animados”, enfatiza Elaine, lembrando os apoiadores atuais da filha: ”Deus, família, Pro Ilha, Tide Rise, Secretaria de Esporte e Lazer de Itapoá, Prefeitura de Itapoá, Up To You, Auto Posto Miranda, Itapema Motos, Anjos da Noite, Rodrigo Lopes Imobiliária, Panificadora Dom Rodolpho e o comércio local, que sempre nos auxilia da forma como pode. Eu sou muito grada a todos de Itapoá, que sempre compram nossas rifas, empadas e tudo mais”, completa.
INSCRIÇÕES - A 3ª edição do Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino está confirmada para os dias 22 a 24 deste mês, na Praia de Itamambuca, e segue com as inscrições abertas. Em disputa, o título brasileiro profissional Abrasp, a categoria longboard e também a nova geração com a sub10, sub12, sub14, sub16 e sub18.
Para garantir vaga, é preciso fazer o depósito bancário em uma das contas correntes da Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp) – Banco do Brasil – agência 1569-5 - cc 28382-7 ou Bradesco agência 3233 - cc 85626-6 – CNPJ 31.886.401/0001-14. Não serão aceitos depósito em caixas eletrônicos.
Nas categorias amadoras a taxa é R$ 80,00, na longboard, R$ 100,00 e na profissional, R$ 180,00. As atletas que forem competir na profissional também devem pagar a filiação à Abrasp no valor de R$ 100,00. Os comprovantes deverão ser enviados para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Informações via whatsApp (21) 99140.9715 com Pedro Falcão e (51) 8187.7883, com Klaus Kaiser.
O Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino tem os patrocínios da Wizard by Pearson, Ganache de Cacau Le Manjue, Comtur e Roxy. Apoios de Alma Salgada, Pistache Gelateria, Prefeitura Municipal de Ubatuba, Perfect Waves, Escola de Surf Suelen Naraísa, API Automated Precision, Mini Kalzone, Nossolar Construtora, PoiPoi Swimwear, Brasis-55 e Padaria Integrale. Colaboração: Equiptecnica Produções, Adventure TV, Abrasp, Federação Paulista de Surf, Waves, Hotel São Charbel, Silva Indaia Supermercados, Pro-Lite, Pro Foam, Reabilitação Esportiva Sérgio Nery e Normandie.

 

FMAnoticias.com.br
Fotos divulgação de Julie - Créditos e agradecimentos: Basilio Ruy/Prime Press 07

Desafio de ondas gigantes tem "swell" de até 4 metros no Sul de SC

Avaliação do Usuário

aaaaaaaa

Apesar da chuva e dos ventos, a Praia do Cardoso, em Laguna, recebeu visitantes na manhã desta sexta-feira, 11, para a prévia do campeonato de surfe Mormaii Big Wave Challenge 2017. Além dos espectadores na areia, havia cerca de 20 carros estacionados próximo à orla de olho no desempenho dos surfistas frente as ondas de três a quatro metros prometidas pela previsão do tempo. Radicado em Florianópolis, Fábio Gouveia foi um dos destaques na remada das séries de ondas gigantes.

Conforme a organização do campeonato, surfistas mais conhecidos não puderam comparecer devido à iminência da confirmação de ondas gigantes no Litoral de Santa Catarina. Os 'gringos', como o lendário australiano Ross Clarke Jones e o inglês Andrew Cotton, por exemplo, precisam de pelo menos sete dias para chegar ao Estado. A expectativa inicial era de que os brasileiros Everaldo Pato, Carlos Burle e Pedro Calado também comparecessem ao evento.

O período de espera do Mormaii Big Wave Challenge 2017 acontece entre 8 de agosto e 30 de novembro. Dentro desse prazo, a organização do evento fica encarregada de escolher um único dia para sua realização. O critério de escolha se dá mediante acompanhamento dos gráficos de previsão pela internet, com um prazo médio de três a cinco dias de antecedência para o sinal verde.


O campeonato é chancelado pela WSL e e distribuirá R$ 50 mil de premiação em dinheiro aos competidores.

 

Diário Catarinese
Legenda: Desafio de ondas gigantes na Praia do Cardoso, em Laguna-SC
Foto: Cristiano Estrela/Agencia RBS

 

Realizada a Corrida Rústica 28º Aniversário de Itapoá

Avaliação do Usuário

Corrida-Rustica-28 04

Na manhã desse domingo, dia 23 de abril, foi realizada a Corrida Rústica 28º Aniversário de Itapoá.
Organizado através de uma parceria da Prefeitura de Itapoá e do Grupo privado Divando de Tênis, o evento contou com 160 inscritos e um bom público presente. Autoridades municipais também prestigiaram a Corrida, entre as quais o presidente da Câmara de Vereadores de Itapoá, JonecirSoares; o subtenente da Polícia Militar de Itapoá, Hermínio Sansinski; o secretário municipal de Turismo e Cultura, Claudio Lemonie; o diretor da Secretaria de Esporte e Lazer, Marcos Antônio Fontana; o secretario de Obras e Serviços Públicos, Wantuil (Tininho) José de Oliveira; e a diretora municipal de Saúde, Rochele Antoni. Representantes dos estabelecimentos comerciais que patrocinaram o evento também marcaram presença.
Diversos municípios de Paraná e Santa Catarina estiveram representados pelos atletas participantes: Almirante Tamandaré (PR), Araquari, Barra Velha, Blumenau, Campo Alegre, Campo Largo (PR), Campo Magro (PR), Colombo (PR), Curitiba (PR), Fazenda Rio Grande (PR), Florianópolis, Gaspar, Guaratuba (PR), Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra, Matinhos (PR), Navegantes, Pinhais (PR), Pomerode, Ponta Grossa (PR), Rio Negro (PR), São Bento do Sul, São Francisco do Sul, São José dos Pinhais (PR), Tijucas (PR) e Xanxerê.
Os patrocinadores especiais da Corrida Rústica 28º Aniversário de Itapoá foram Surbi (Serviços Urbanos e Meio Ambiente de Itapoá) e Energiluz (empresa do ramo de engenharia elétrica e afins). Também patrocinaram, Realeza Materiais de Construção; Arena Itapema; Besen Materiais de Construção; Farmácia HiperFarma; CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Itapoá); Farmácia Farma Total; Hotel Marina Pontal; Supermercado Manchester; JPC Construtora; Rodrigo Lopes Corretor de Imóveis; Barra do Açaí; De Paula Embalagens; Ervanário Empório Brasil; Tupã Gás; Sol e Mar Supermercados; Inspira Estudio de Pilates e Funcional; Folha de Itapoá; Revista GiroPop;Tribuna de Itapoá; Rádio Itapoá FM; e Mega Digital.

 

Site do resultado final oficial do evento: http://www.km.esp.br/index.php/pt-br/resultados/resultados-2017/470-23-04-2017-corrida-rustica-28-aniversario-de-itapoa-2017

 

Tribuna de Itapoá - Thiago Gusso

Vem aí a Corrida Rústica 28º Aniversário de Itapoá/SC

Avaliação do Usuário

Corrida-Rustica-28o-Aniversario-de-Itapoa-redimensionado

No próximo dia 23 de abril, será realizada a Corrida Rústica 28º Aniversário de Itapoá/SC. O evento, com largada prevista para as 07h30min em frente à Prefeitura Municipal, tem o objetivo de comemorar o aniversário de 28 anos de emancipação política do município itapoaense, celebrado em 26 de abril.
Os participantes podem escolher correr o percurso de 6 ou 10 km dessa Corrida que também visa promover saúde, qualidade de vida, desenvolvimento do espírito de equipe, urbanismo, novas amizades, novos desafios, competitividade, premiação, lazer e muita alegria. As inscrições, ao custo de R$ 50 (R$ 45 + R$ 5 de taxas) já estão abertas no site “Ticket Agora” (disponível clicando aqui) e seguem assim até o dia 20 de abril ou até completar 200 inscritos no total, número que não será ampliado.
A Corrida Rústica 28º Aniversário de Itapoá/SC é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Itapoá e o Grupo de Corrida Divando de Tênis.
Treinão coletivo de reconhecimento dos trajetos
A quem interessar, às 07h30min do dia 09 de abril, também em frente à sede da Prefeitura de Itapoá, será dada a largada de um treinão coletivo de reconhecimento dos trajetos.
Mais informações podem ser obtidas diretamente no Regulamento do Evento (disponível, clicando aqui) ou com Oneide Urso, do Grupo Divando de Tênis, pelo telefone, com WhatsApp, (47) 9 9969-6903.

 

Tribuna de Itapoá - Thiago Gusso

Paratleta de Itapoá conquista medalha de ouro com a Seleção Brasileira

Avaliação do Usuário

conquista paraatleta

O mesatenista paralímpico de Itapoá, Paulo Henrique Gonçalves, foi um dos paratletas que representaram muito bem o Brasil nos Jogos Parapanamericanos de Jovens 2017 disputados em São Paulo (SP) do dia 21 a 26 de março. Segundo divulgado pela Asepi (Associação Esportiva e Paradesportiva de Itapoá), PH como é conhecido, realizou um grande sonho. Individualmente, terminou na 5ª colocação da competição (que contou com a participação de atletas de outros 18 países), enquanto que nas disputas por equipe, sagrou-se campeão, juntamente com seus companheiros Gustavo Laskosky (de Joinville) e Marlisson Alfaia (do Amazonas), conquistando a medalha de ouro da competição. A final foi um jogo dificílimo em que a equipe brasileira começou perdendo, mas virou o placar para cima da Costa Rica, ficando com o título.

Logo após o feito, na noite desse domingo, dia 26 de março, familiares, amigos e membros da comunidade itapoaense organizaram uma recepção na entrada principal da Cidade, ao “jovem de ouro”. Houve uma carreata pelas ruas de Itapoá, a qual se encerrou na Pista de Skate Municipal.
Paulo Henrique nasceu em Londrina (PR), mas é itapoaense de coração, pois foi em Itapoá que deu início à sua trajetória no tênis de mesa em 2013. Na ocasião, ele representou a EEB (Escola de Educação Básica) Nereu Ramos naquela edição do Parajesc (Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina). Na primeira participação, já ficou com o vice-campeonato da modalidade e foi convocado para a seleção catarinense que disputou a paralimpíada escolar daquele ano. Ainda em 2013, PH ingressou no esporte de rendimento, graças a uma parceria com a AJTM (Associação Joinvilense de Tênis de Mesa), levando em consideração a inexistência de um clube que atendesse as necessidades para tais disputas. Por algum tempo, o paratleta conciliou as rotinas de treinamentos na cidade de Joinville e em Itapoá. Competindo pela equipe joinvilense, PH conquistou grandes resultados, como um bronze no campeonato brasileiro de tênis de mesa em 2014, que foi conquistado em Joaçaba.
Em 2015, foi fundada a Asepi e, então, Paulo Henrique Gonçalves com seus colegas também de Itapoá foi gentilmente liberado pela AJTM para compor a equipe paralímpica de tênis de mesa de Itapoá.
Hoje, o jovem de ouro concilia suas participações entre o paradesporto escolar e o de rendimento. Tanto trabalho tem trazidos importantes resultados, tantos no individual como no coletivo. PH é o atual tricampeão do Parajesc e participa frequentemente das edições das Paralimpíadas Escolares, sendo campeão em 2015 e vice em 2016. Coletivamente, ele e seus companheiros de equipe Gustavo Lakosky e Sergio Ofugi conquistaram o inédito título de campeão brasileiro de tênis de mesa por equipes para a Asepi/Itapoá. A principal recompensa foi a convocação de Paulo Henrique para a seleção brasileira em fevereiro.
Em seu Facebook, o paratleta prestou seus agradecimentos pelo feito. “Quero agradecer, primeiramente, a Deus, que me faz forte e perseverante a cada dia. À minha família, que não mede esforços para me proporcionar oportunidades para o meu crescimento pessoal e profissional, dando-me todo o apoio emocional e financeiro necessário para continuar a busca por meus sonhos. Aos amigos que com a torcida, orações e pensamentos positivos me ajudaram a seguir adiante e a vencer um obstáculo de cada vez. Aos meus patrocinadores que cuidam do meu bem estar e preparo físico. À Tathiane Kuliack do Estúdio Inspira de Pilates e Treinamento Funcional, ao Felipe Siqueira da Academia Pride Center Gym e ao Anderson Binhara da Silva do Viver Zen Acupuntura. Aos técnicos da Seleção Paralímpica Brasileira Paulo Molitor, Raphael Moreira e Alexandre Ghizi, que com seus treinamentos e orientações, pude alcançar mais do que esperava de mim mesmo. Ao Israel Pereira, pela motivação e, também, aos meus técnicos Alan Rezende e Sergio Ofugi, que além de amigos, são meus companheiros nos treinos do dia a dia. Vocês fazem parte dessa história! Espero poder contar com todos vocês, sempre. Obrigado por tudo!”.

 

Tribuna de Itapoá - Thiago Gusso
FOTOS: Facebook / Arquivo pessoal