Luiz Alves é, oficialmente, a Capital Catarinense da Cachaça

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Depois da aprovação pela Assembleia legislativa do projeto de autoria do deputado Leonel Pavan (PSDB), que reconhece o município de Luiz Alves como Capital Catarinense da Cachaça - Terra da Cachaça, a lei foi sancionada pelo governador graças ao empenho do gabinete do deputado que oficiou ao governo solicitando agilidade do procedimento para transformação na lei estadual nº 17.535/2018. O gabinete solicitou ainda a presença do governador na abertura da Festa Nacional da Cachaça – FENACA, edição 2018, que será realizada no período de 15 a 18 de julho próximo, quando deverá ser entregue o título estadual ao prefeito do município.

Na justificativa do projeto, o parlamentar, que se encontra em licença para tratamento de saúde, explicou que apesar de ser referência na produção de cachaça artesanal e aguardente no estado e em todo país, com mais de 1 milhão de litros\mês, além de usar o termo turística e economicamente, o município de Luiz Alves ainda não tinha esse reconhecimento oficial sob o ponto de vista legal.

“É justo que pela produção, economia e roteiro turístico estadual, obtenha e ostente este título oficial”, destacou Pavan na argumentação da proposta, acrescentando ainda que” a terra da cachaça”, como é popularmente conhecida, também oferece aos visitantes um roteiro turístico por seus vários alambiques, sendo que há 28 anos, no mês de julho, durante as festividades de aniversário da cidade, é realizada a Fenaca - Festa Nacional da Cachaça.