Estado registra série de ataques contra agentes e bases de segurança

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Centro Administrativo é alvo de tiros em noite com 14 ataques em SC.

 

O Centro Administrativo do Governo do Estado foi um dos alvos dos ataques que atingiram agentes públicos e bases do governo entre a noite de quinta (31) e madrugada desta sexta-feira (1). Dois homens em uma motocicleta fizeram 10 disparos de pistola 9 milímetros contra a guarita da PM instalada na unidade, próxima à rodovia Virgílio Várzea. O único policial que estava no local não foi atingido.

Considerando os tiros disparados contra o Centro Administrativo, a polícia registrou pelo menos 14 ataques na última noite. As investidas de criminosos contra o Estado voltaram a ocorrer no dia 11 de agosto, quando um policial militar foi morto em Florianópolis.

Sete dias depois, um agente penitenciário foi morto a tiros em Joinville. Na última segunda-feira, um PM também foi assassinado em Joinville. A última morte ocorreu na noite de quarta-feira, em Camboriú, quando outro policial da reserva foi executado.

Os ataques da madrugada iniciaram em Joinville, por volta de 18h30min, quando um sargento da PM foi ameaçado com uma arma de fogo. Meia hora depois, uma viatura da polícia foi incendiada em Criciúma.

Em Balneário Camboriú, um coquetel molotov foi arremessado no prédio do Instituto Geral de Perícias. Em Balneário Rincão, no Sul do Estado, uma base da PM foi incendiada. Em Palhoça, na Grande Florianópolis, criminosos atiraram contra um sargento da PM.

Confira os atentados registrado até a madrugada:

Data: 31 de agosto, às 18h30min
Local: Joinville
Ocorrência: Policial militar foi ameaçado com arma de fogo por dois homens que passaram em frente a sua residência.

Data: 31 de agosto, às 19h
Local: Criciúma
Ocorrência: Viatura que estava em uma oficina terceirizada foi incendiada.

Data: 31 de agosto de 2017, às 21h30min
Local: Balneário Camboriú
Ocorrência: Coquetel motolov foi arremessado no prédio do Instituto Geral de Perícias.

Data: 31 de agosto, às 21h40min
Local: Criciúma
Ocorrência: Pneus foram incendiados em via pública.

Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Criciúma
Ocorrência: Ponte de madeira que liga os bairros Meller e São Francisco foi incendiada. O local foi interditado pelos bombeiros.

Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Balneário Rincão
Ocorrência: Dois homens em uma motocicleta arremessaram um artefato em uma base da PM. As chamas foram contidas pelos moradores.

Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Palhoça
Ocorrrência: Um motociclista efetuou disparos de arma de fogo contra um sargento da PM. Um dos tiros acertou uma vidraça. O policial não ficou ferido.

Data: 1 de setembro, às 00h10min
Cidade: Florianópolis
Ocorrência: Dois homens em uma motocicleta fizeram 10 disparos de pistola 9mm contra a guarita da PM na rodovia Virgílio Várzea, na entrada dos fundos do Centro Administrativo do Governo do Estado. O único policial que estava no local não foi atingido.

Data: 1 de setembro, às 00h20min
Cidade: Florianópolis (bairro Monte Verde)
Ocorrência: Dois homens em uma motocicleta atiraram contra uma base da PM. Foram aproximadamente oito tiros de calibre 380.

Data: 1 de setembro, às 00h26min
Cidade: Criciúma
Ocorrência: Dois homens atearam fogo na prefeitura. Eles quebraram uma janela e invadiram o local. O vigia conteve o fogo, mas uma das salas ficou destruída.

Data: 1 de setembro, às 00h29min
Cidade: Balneário Arroio do Silva
Ocorrência: Criminosos atiraram contra uma delegacia.

Data: 1 de setembro, às 2h10min
Cidade: Balneário Gaivota
Ocorrência: Base da PM foi incendiada.

Data: 1 de setembro, às 4h30min
Cidade: Camboriú
Ocorrência: Dois homens em uma moto renderam o vigilante da secretaria de obras da prefeitura. Eles abriram o tanque de um carro, quebraram o vidro e atearam fogo no veículo.

Data: 1 de setembro, às 4h30min
Cidade: Navegantes
Ocorrência: Um carro foi incendiado no bairro São Domingos. O veículo Nissan Tiida estava estacionado na rua. Testemunhas disseram ter visto um homem sair correndo no momento em que começaram as chamas. Incêndio foi controlado pela polícia.

 

Diário Catarinense

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar