Caranguejo gigante chama atenção na Barra do Saí

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

caranguejo-gigante-produzido-por-artesao-chama-a-atencao-de-quem-visita-a-Barra-do-Sai-2

Nos últimos dias, muitas pessos têm divulgado fotos do que, ao que tudo indica, é um novo atrativo turístico no município de Itapoá, mais precisamente a Barra do Saí. Trata-se de um grande caranguejo de concreto, produzido com muito esmero por um artesão potiguar, em frente a um escritório imobiliário localizado naquele bairro.

Quem explica como surgiu a ideia é o corretor de imóveis Guilherme Oliva Flores. Ele conta que, em 2013, seu pai Juliano Oliva (também corretor) e sua mãe Marineide, visitaram Natal (RN), onde se encantaram com a beleza e com as esculturas feitas nos pontos turísticos. Poucos anos depois, eles retornaram para lá com um irmão e a cunhada de Juliano (Júlio e Ieda). Mais uma vez, as esculturas despertaram a atenção e o corretor teve a ideia de trazer essa arte para Itapoá.

A partir daí, Juliano Oliva passou a procurar o artesão e alguns dias depois, encontrou Guilherme da Silva Ferreira, 37 anos, mais conhecido como "Índio Artesão". O artista, já de cara, mostrou-se muito interessado em trazer sua arte para Itapoá. Ele queria conhecer o Sul do País.

Natural de Nísia Floresta (RN), Índio Artesão é muito conhecido no Rio Grande do Norte, estado em que se profissionalizou como artista aos 18 anos de idade e desenvolveu obras importantes, como o Galo Brando de Dona Neném, símbolo do folclore e do artesanato de São Gonçalo do Amarante e que deu muito trabalho ao escultor, devido aos 15 metros de altura. Índio realizou grandes obras, também, no Aquário Zona Norte de Natal. Ao todo, até hoje, ele já produziu cerca de 3 mil trabalhos de todos os tamanhos. "Tem obras minhas que foram até para o exterior", conta o artesão, que faz arte em cimento, argila, pedra sabão, madeira e escultura na areia da praia.

O artista se orgulha de uma grande conquista profissional, que foi ter sido escolhido pelo governador do Estado do Rio Grande do Norte para fazer a fachada de entrada de São José de Mipibú, cidade daquele estado, que recebeu a tocha olímpica ano passado (2016). "Em vista de tudo isso, tínhamos a certeza de que ele seria o artista certo para realizar essa obra em Itapoá", comentou Guilherme Oliva Flores.

Após dias de intenso trabalho, o caranguejo batizado pelo próprio artesão como Caranga, ficou pronto e tem sido muito visitado e comentado. "Ficamos muito felizes com a repercussão que a obra tomou. Fomos parabenizados pelos moradores e turistas. após a inauguração, muitas pessoas passaram por ela para admirar a beleza, o capricho e tirar fotos. O Caranga é nosso mascote, mas o maior objetivo é que as pessoas venham para Itapoá e registrem seus momentos felizes aqui levando essa obra para fora como mais um ponto turístico de Itapoá", explicou Guilherme. "Agora, estamos com o projeto de outra obra na Barra e logo teremos mais uma escultura", conclui.

O caranguejo está localizado em frente ao escritório imobiliário localizado na Avenida Dom Henrique II, nº 1.972.

 

Tribuna de Itapoá - Thiago Gusso
Legenda Foto: Thauani Zanetti, Índio Artesão e Guilherme Oliva Flores

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar